Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

18.Set.09

Só cinco organismos apresentaram até agora planos anticorrupção

Até ao momento, só cinco organismos públicos entregaram os seus planos anticorrupção no Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), revelou ontem ao Negócios o secretário-geral do CPC, José Tavares.

A apresentação destes planos ocorre após uma recomendação (não vinculativa) elaborada em Julho pelo CPC - órgão que funciona no seio do Tribunal de Contas (TC) - no sentido de os serviços públicos elaborarem planos anticorrupção no prazo de 90 dias. Esta recomendação surgiu face às conclusões do inquérito realizado ao longo deste ano a cerca de 700 serviços públicos.

Em declarações ao Negócios, o secretário-geral do CPC, José Tavares, não só desvalorizou o escasso número de planos recebidos até ao momento, como salientou o facto de estar "surpreendido com o entusiasmo e o interesse manifestado pelos gestores públicos na apresentação dos planos". "Diariamente recebemos dezenas de telefonemas a pedir informações e ajuda para adoptar o melhor modelo", justificou.

"Ainda recebemos poucos [planos] mas não vale a pena estar com pressas. Estamos a aprender uns com os outros e queremos aproveitar as boas ideias", afirmou o secretário-geral do CPC, manifestando a convicção de que até ao final de Outubro espera receber "de todos os organismos para quem mandámos o inquérito". E isto numa primeira fase, já que o "objectivo é que todos os gestores públicos o venham a fazer".

Fonte Jornal de Negócios (aqui)