Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

31.Mai.11

Bloco defende efectivação de todos os falsos recibos do sector público

O Bloco de Esquerda exige o fim dos falsos recibos verdes na Função Pública, propondo a efectivação de todos estes trabalhadores precários, e apresenta um plano de criação de emprego através de programas de reabilitação urbana, apoio à 3ª idade e reconversão energética. Estas propostas foram apresentadas pelo cabeça-de-lista do BE pelos Açores, após reunião com a União de Sindicatos dos Açores.
Para acabar com os falsos recibos verdes no sector privado, José Cascalho defende o aumento da fiscalização e um maior cruzamento de dados na Segurança Social. 

O candidato do Bloco na Região alerta para o facto de a precariedade dos trabalhadores de hoje estar a contribuir para o "caos na Segurança Social" no momento em que estes trabalhadores chegarem à idade da reforma, porque não tiveram condições para contribuir desde o início da sua actividades profissional.

José Cascalho criticou mais uma vez os partidos que assinaram o memorando do FMI – PS, PSD e CDS – referindo os pontos que impõem um corte de 2%, por ano, no número de trabalhadores e de 15% nos gastos dos vários organismos do sector público.
"Nos Açores este corte é duplo, porque acontecerá quer nas autarquias, quer no Governo Regional", referiu José Cascalho, questionando "como é que houve partidos capazes de assinar um documento sabendo que estas condições seriam particularmente gravosas para a Região".

Url da notícia:

-----------------

http://www.azoresdigital.com/ler.php?id=15419

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.