Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

31.Mai.13

quem contribui para a meta?

Com a reforma da Administração Pública, o Governo espera uma poupança de 224 milhões este ano. Desempregados e doentes também vão contribuir.

Os funcionários públicos e os beneficiários do subsídio de desemprego e de doença são os que mais irão contribuir para que o Governo consiga cumprir a meta orçamental este ano, de 5,5%. Mas para 2014 há novas medidas que irão afectar sobretudo os pensionistas do Estado.


Até final de 2013, o Executivo espera arrecadar 224 milhões de euros com o ajustamento da Administração Pública. Aqui incluem-se medidas como o novo sistema de mobilidade especial (que passa a designar-se "requalificação") ou o aumento do horário de trabalho na Função Pública das 35 horas semanais para as 40 horas. Além disso, trabalhadores e pensionistas do Estado serão chamados a contribuir mais para os subsistemas de saúde (ADSE, SAD e ADM).