Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

08.Jan.08

Mais 1500 funcionários públicos na reforma

Cerca de 1500 funcionários públicos aposentam-se em Fevereiro, de acordo com uma listagem divulgada pela Caixa Geral de Aposentações (CGA). No total, em 2007, os dados provisórios - sem incluir as saídas verificadas em Outubro - indicam que 16 237 funcionários públicos passaram para a reforma, uma quebra de 25,5% em relação a 2006, de acordo com estimativas ontem divulgadas pela agência Lusa.


O números oficiais revelam que a passagem de funcionários do Estado para a aposentação está a cair ao longo dos últimos meses. É que, face aos 1497 funcionários que em Fevereiro passam a receber através da CGA, no mesmo mês do ano passado 1669 trabalhadores ficaram a cargo da Caixa de Pensões. Já para este ano, para o acumulado de Janeiro e Fevereiro, espera-se a aposentação de 3320 funcionários, uma quebra de 4,3% em comparação com os mesmos meses do ano transacto.

Em Fevereiro, quase 40% das reformas do Estado verificam-se no Ministério da Educação. Entre funcionários administrativos e professores, tutelados pela ministra Maria de Lurdes Rodrigues, são mais 556 reformas. Um acréscimo de 8,6% face aos dados para o mesmo mês do ano passado.

Do Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território para as listas da CGA saem 174 trabalhadores, no segundo mês do ano, uma quebra de 20,5% face ao mesmo período do ano passado. Segue-se o Ministério da Saúde com 150 aposentados, menos 40% do que em 2007.

Na Armada, 57 funcionários públicos saem das fileiras (39 em Fevereiro de 2007) e, na Guarda Nacional Republicana, 39 militares passam para a aposentação.
De acordo com a regra definida pelo Governo - entrada de um funcionário por cada duas saídas - nos dois primeiros meses do ano deverão entrar na administração pública cerca de 1600 funcionários.

    Fonte DN | LUSA