Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

08.Nov.13

FESAP quer "minimizar impacto" da Lei Geral do trabalho da Função Pública

O secretário geral da FESAP disse hoje que esta estrutura sindical não dará o seu acordo à nova Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, mas vai procurar minimizar o impacto de alguns aspectos deste diploma. 
"Foi uma reunião coloquial mas não há entendimento na Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas. Há aspectos que podem ser melhorados mas isso não significa que haja qualquer acordo da FESAP", disse Nobre dos Santos.

Leia também: Até agora, Estado recebeu 1750 pedidos de rescisão


Este diploma, aprovado na semana passada em Conselho de Ministros, foi já enviado para o parlamento onde ficará em consulta pública. Será nesta sede que a FESAP dará o seu contributo para "minimizar danos". 

No final de uma reunião com o secretário de Estado Hélder Rosalino, que durou cerca de três horas, Nobre dos Santos afirmou não ter ficado surpreendido com os 1750 pedidos de rescisão amigável que chegaram até agora à Direção-Geral da Administração e do Emprego público. 

"Não me surpreendem os números. Até excedem o que pensei que iria acontecer", disse Nobre dos Santos, afirmando estar convicto de que a maior parte destes pedidos partem de pessoas que vão emigrar.