Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

18.Nov.13

Alteração aos cortes salariais ‘custa' 20 milhões de euros

Mudança no patamar mínimo sobre o qual haverá redução salarial abre um ‘buraco' de 20 milhões que terá de ser compensado.

A alteração do patamar mínimo relativo aos cortes salariais da função pública, de 600 para 675 euros, numa melhoria que PSD e CDS pretendem introduzir no Orçamento e que teve hoje fumo branco da equipa do Ministério das Finanças, representa um acréscimo de despesa de cerca de 20 milhões de euros, que terá de ser compensado por outras medidas com vista a garantir um impacto orçamental neutro.

Estas alterações e o seu impacto foram confirmados ao Económico por fonte governamental. Na versão inicial, os novos cortes salariais valiam 640 milhões de euros em termos brutos. Com esta alteração, a mesma medida passa a valer cerca de 620 milhões.

Estes novos cortes salariais, a somar aos em vigor desde a era Sócrates, valem cerca de mil milhões de euros no Orçamento do próximo ano.

O prazo para os partidos entregarem propostas de alteração no Parlamento ao Orçamento do próximo ano termina hoje. Subir de 600 para 675 euros o limite a partir do qual haverá cortes nos salários da Função Pública deverá ser a única vitória dos deputados da maioria.