Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

08.Abr.14

Cerca de 20 mil trabalhadores da AP podem beneficiar do aumento do salário mínimo

Por trabalho e remuneração dignos

 

Depois de recentemente o Primeiro-ministro ter manifestado abertura para aumentar o salário mínimo nacional, os trabalhadores da Administração Pública exigem que o processo seja desencadeado imediatamente de modo a que esse aumento seja uma realidade o mais rapidamente possível, permitindo que estes trabalhadores possam progressivamente afastar-se do limiar da pobreza.

 

São cerca de 20 mil os trabalhadores da Administração Pública que poderão ser abrangidos por esta medida, nos setores da Educação, da Saúde, das Autarquias e nos restantes serviços públicos, principalmente aqueles que foram admitidos a partir de 1 de janeiro de 2009.

 

O aumento do salário mínimo nacional é também uma medida essencial para promover a dignidade dos trabalhadores que há cerca de uma década não mudam de posição remuneratória devido à política de congelamento seguida pelos diversos governos, bem como pela aplicação das quotas do Sistema de Avaliação de Desempenho (SIADAP).

 

O SINTAP exige ainda que o Governo tenha a preocupação de corrigir as situações dos muitos milhares de trabalhadores que estão há 10 anos entre a primeira e a segunda posições da tabela remuneratória única, ou seja, a receberem menos de 532 € mensais.

 

 

Lisboa, 8 de abril de 2014