Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

27.Jan.22

Funcionários públicos perdem salário líquido mesmo com correção de tabelas de IRS

Apesar de terem sido aumentados em janeiro, alguns funcionários públicos receberam menos salário líquido no início do ano, devido às taxas de retenção do IRS. Sindicato pede ao Governo que volte a corrigir as tabelas.

 

A atualização de 0,9% no salário dos funcionários públicos, que entrou em vigor em janeiro, não está a ser sentida por todos os trabalhadores. Há funcionários cujo salário líquido encolheu face a dezembro. Isto deve-se às taxas de retenção de IRS, escreve a edição desta quinta-feira do jornal Público

Neste sentido, os sindicatos da função pública apelam ao Governo para que volte a corrigir as tabelas de retenção na fonte, para garantir que o aumento chega a todos. 

 

Em dezembro, o Executivo retificou as tabelas de retenção para salvaguardar que os pensionistas que tiveram aumentos brutos, em linha com a inflação, viam o seu rendimento líquido atualizado. No entanto, não o fez para a Função Pública, por alegar que as tabelas originais já previam uma redução média de 0,9% nas taxas de retenção. 

No entanto, os sindicatos referem que, por ser uma média, não é aplicada a todos os funcionários da mesma forma, pelo que reclamam uma nova correção para que o aumento seja sentido por todos.