Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

19.Jun.14

Governo diz que não vai usar tabela única e suplementos para reduzir salários

O secretario de Estado da Administração Publica admite que a revisão dos suplementos salariais no Estado venha a incluir uma cláusula de salvaguarda que proteja a remuneração dos trabalhadores.

Essa cláusula de salvaguarda foi consagrada na tabela de remunerações única já aprovada e "estou em crer que haverá uma solução próxima dessa", no novo regime único de suplementos, adiantou José Leite Martins na comissão de Orçamento e Finanças.

 

"O governo não está a utilizar estes mecanismos - a tabela salarial e o regime de suplementos únicos - como mecanismos de redução salarial", assegurou o secretario de Estado, lembrando que as reduções salariais do Estado já foram feitas e começam a ser repostas a partir de 2015.

Leite Martins não quis elaborar sobre os eventuais impactos da nova tabela de suplementos na redução do rendimento recebido por algumas carreiras da função publica porque o projecto ainda não está fechado.