Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

23.Set.21

Governo prevê reunir com sindicatos da Função Pública em outubro

Desde maio que o Governo não se senta à mesa com os sindicatos da Função Pública. Ao ECO, diz agora que as reuniões de negociação coletiva deverão acontecer "previsivelmente" em outubro.

Governo prevê marcar para o próximo mês as reuniões de negociação coletiva anual com as estruturas sindicais que representam os funcionários públicos. Desde maio, que a negociação sobre o sistema de avaliação de desempenho dos trabalhadores do Estado está parada, mas os encontros em causa não deverão ser ainda para esse fim específico.

É importante explicar que, perante a ausência de reuniões, a Federação de Sindicatos da Administração Pública (FESAP) já pediu uma reunião ao Ministério de Alexandra Leitão para discutir “todas as questões pendentes”, como a avaliação dos trabalhadores, mas também o teletrabalho e a revisão das carreiras. “Um conjunto vasto de problemas“, explicou José Abraão, em declarações ao ECO.

O processo negocial para rever o sistema de avaliação de desempenho dos funcionários públicos arrancou em abril. O desenho atual do chamado SIADAP dita que a generalidade dos funcionários públicos demora dez anos para conseguir progredir na carreira, período já reconhecido como excessivo pela ministra da Administração Pública, Alexandra Leitão. Em maio, o Governo voltou a reunir com as estruturas sindicais e desde então tem estado a trabalhar numa proposta mais concreta para lhes apresentar. Os representantes dos trabalhadores já criticam a demora de mais de quatro meses.

Apesar de a expectativa indicada pelo Governo ser a de terminar estas negociações até ao final de 2021, o Executivo tem insistido que as alterações que vierem a ser acertadas só deverão produzir efeitos em 2023. Não é certo, de resto, que o Executivo mantenha, entretanto, a expectativa de fechar este processo este ano.

Fonte ECO

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.