Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

18.Fev.14

Privatizações tiram 15 mil funcionários da esfera do Estado

Há 141 mil trabalhadores nas empresas públicas, menos 11% do que há um ano. Privatização dos CTT e ANA contribuiu para a redução.

No final do ano passado, o número de funcionários das empresas públicas caiu 11,1% (menos 17.659 trabalhadores) face ao mesmo período de 2012, revelam os dados da Síntese do Emprego Público (SIEP), divulgados hoje. Havia assim 141.429 funcionários nas entidades do sector público.

 

Só no último trimestre de 2013, comparando com o trimestre anterior, a redução foi de 9,4%. Ou seja, em Dezembro face a Setembro havia menos 14.680 trabalhadores nas empresas públicas.

Esta redução do número de trabalhadores deve-se em grande parte às empresas do sector público com actividade de transporte e armazenagem "por efeito da conclusão dos processos de privatização da ANA Aeroportos Portugal S.A. no terceiro trimestre e dos CTT - Correios de Portugal, S.A. no quarto trimestre e consequente saída do universo do sector público destas empresas e das respectivas participadas", lê-se na SIEP.

 

Na actividade de transportes e armazenagem (onde se incluem a ANA e os CTT) saíram da esfera do Estado 15.392 trabalhadores entre Dezembro de 2012 e o mesmo mês de 2013, o que revela uma quebra de 49,3%. Face a Setembro, deixaram as empresas do sector público 12.187 funcionários (ou seja, uma redução trimestral de 43,5%).