Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

17.Jun.15

Reposição de salários abre buraco de 1.360 milhões

Medidas de austeridade vão sendo mitigadas com o passar dos anos. 2016 começa com um retrocesso no aumento de impostos implementado para fazer face à crise.

A reposição de parte dos salários da Função Pública e a redução da sobretaxa de IRS vão fazer com que 2016 comece, desde logo, com um buraco de 1.360 milhões de euros nas contas.

 

De acordo com o Diário Económico, a redução nas remunerações alivia, para já, o défice em 600 milhões de euros. Já a sobretaxa de IRS rende em receita 760 milhões de euros.

O buraco nas contas do Estado preocupa não só o Executivo como a Comissão Europeia, que avisou já que “as principais medidas temporárias [contempladas no Programa de Estabilidade para 2015/2018] estão limitadas para expirarem automaticamente no final de 2015”.

Torna-se, portanto, mais importante ainda que se aprove o mais rápido possível o Orçamento do Estado para 2016, de forma a reduzir o impacto da medida.

Contudo, a tarefa vai ser dificultada se nenhum dos partidos com assento parlamentar conquistar maioria absoluta nas legislativas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.