Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

10.Fev.17

SINTAP e Santa Casa de Lisboa assinam acordo que já deveria estar em vigor

Novo AE prevê 570 euros de salário mínimo

O SINTAP e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) assinaram esta sexta-feira, 10 de Fevereiro, pelas 11h (SCML - Largo Trindade Coelho, Lisboa), o texto de um novo Acordo de Empresa, que abrange todos os associados do nosso sindicato, bem como todos quantos dele queiram beneficiar, e prevê, entre outras matérias, um salário mínimo de 570 euros.

 

O SINTAP não pode deixar, no entanto, de frisar que este é um acordo que já deveria estar a vigor desde o ano passado, sendo que tal não aconteceu devido aos incompreensíveis atrasos provocados por outras organizações sindicais, com objetivos difíceis de descortinar mas que não são, certamente, coincidentes com a defesa dos interesses de todos os trabalhadores.

 

Não obstante esta demora, graças à pressão negocial do SINTAP, a cláusula relativa ao salário mínimo praticado na SCML já está a ser respeitada desde novembro de 2016.

 

No novo Acordo, que revoga e substitui o anterior, os Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica são, pela primeira vez, reconhecidos como Técnicos Superiores, verificando-se ainda a simplificação do sistema de carreiras, com a integração de todas as carreiras atualmente existentes em apenas três.

 

Está ainda previsto que todos os trabalhadores tenham direito a um período de férias entre 25 e 28 dias úteis, variando esse número de acordo com a assiduidade do trabalhador.

 

O SINTAP estará agora particularmente vigilante no que diz respeito ao cumprimento integral do novo Acordo, sobretudo no que diz respeito às questões da avaliação, progressões nas carreiras e promoções, as quais, acrescente-se, têm estado completamente paradas.

 

Lisboa, 10 de fevereiro de 2017