Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A formiga no carreiro

A formiga no carreiro

17.Jun.14

Verão devolve salários pré-troika aos funcionários públicos

Depois de confirmado o chumbo do Tribunal Constitucional a três normas do Orçamento do Estado para 2014, o Governo repôs alguns cortes nos salários do funcionários públicos. Porém, explica o Jornal de Negócios, estes novos cortes apenas deverão entrar em vigor a partir de 1 de setembro, o que permite aos trabalhadores do setor público gozarem dos salários, na totalidade, em junho, julho e agosto.

 

Os próximos três meses trazem boas notícias para os funcionários do Estado.

Durante este período os trabalhadores irão registar a devolução dos cortes aplicados pelo Executivo de Pedro Passos Coelho, isto antes que voltem a entrar em vigor os cortes aplicados aos salários superiores a 1.500 euros, terá de existir negociação sindical o que fará com quem o diploma só entre em vigor a 1 de setembro.

 

O Governo já fez questão de frisar que a nova tabela remuneratória, bem como os cortes anunciados, são para entrar em vigor "tão depressa quanto possível", porém o líder parlamentar do CDS explica que esta alteração apenas deverá processar-se depois dos três meses de verão, o que permite uma folga orçamental para os trabalhadores durante o tradicional período de férias.

“É bastante provável que o diploma [com os novos cortes] entre em vigor em a 1 de setembro” e “menos provável a 1 de Agosto”, afirmou Nuno Magalhães.